User Overview

Followers and Following

Followers
Following
Trendsmap

History

Total Followers - Last Year
Daily Follower Change - Last Year
Daily Tweets - Last Year

Tweet Stats

Analysed 15,140 tweets, tweets from the last 315 weeks.
Tweets Day of Week (UTC)
Tweets Hour of Day (UTC)
Key:
Tweets
Retweets
Quotes
Replies
Tweets Day and Hour Heatmap (UTC)

Tweets

Last 50 tweets from @socioambiental
socioambiental Retweeted ·  
Os nossos modos de vida são compatíveis com os ciclos da natureza de qualquer Bioma.

O @socioambiental evidencia isso ao contar sobre os quilombos do Vale do Ribeira.

Siga o fio e saiba mais sobre os quilombos na Mata Atlântica
 
O presidente da Funai, Marcelo Xavier, foi réu no ministério Público Federal por "retardar ou deixar de praticar" a demarcação das terras indígenas Munduruku e Apiaká do Planalto Santareno, alvos de invasões, desmatamento e garimpo ilegal. Fique Sabendo: socioambiental.org/pt-br/blog/blo…
Presidente da Funai vira ru por descumprir acordo para demarcao da
socioambiental.org
 
In reply to @socioambiental
O Sistema Agrícola Tradicional Quilombola, esse jeito lindo de plantar, viver e festejar que há 3 anos é patrimônio imaterial cultural do Brasil pelo @Iphangovbr, é ou não é uma inspiração para um futuro melhor? Um viva para a luta quilombola, que (oba!) insiste em nos ensinar!💚 pic.twitter.com/xU0Wlk7ZiP
Replying to @socioambiental
As fotos, vídeos e GIFs desse fio são de Marília Garcia Senlle/ISA; Claudio Tavares/ISA; Manoela Meyer/ISA; Felipe Leal/ISA e André Villas-Bôas/ISA
 
In reply to @socioambiental
Dá sim pra tirar o sustento da #MataAtlântica sem derrubá-la! “O mato foi um grande aliado nosso para a alimentação. Nele tem o cipó pra fazer o cesto. Arroz, feijão, milho, mandioca, tudo pode carcar no cesto,” diz Benedito Alves da Silva, o Ditão, do Quilombo Ivaporunduva. pic.twitter.com/GUV9r7ZOmg
Replying to @socioambiental
O Sistema Agrícola Tradicional Quilombola, esse jeito lindo de plantar, viver e festejar que há 3 anos é patrimônio imaterial cultural do Brasil pelo @Iphangovbr, é ou não é uma inspiração para um futuro melhor? Um viva para a luta quilombola, que (oba!) insiste em nos ensinar!💚
GIF
 
In reply to @socioambiental
Os quilombolas fazem também seus próprios utensílios, relata Martinho Rodrigues de Lima, do Quilombo Cangume. “Pra peneira, sururuca e apá: primeiro corta os gomo da taquara e destala eles. Faz as lasquinhas e trança. Depois põe o arco de madeira de cafezinho e passa a corda.” pic.twitter.com/JDTCYyA8cY
Replying to @socioambiental
Dá sim pra tirar o sustento da #MataAtlântica sem derrubá-la! “O mato foi um grande aliado nosso para a alimentação. Nele tem o cipó pra fazer o cesto. Arroz, feijão, milho, mandioca, tudo pode carcar no cesto,” diz Benedito Alves da Silva, o Ditão, do Quilombo Ivaporunduva.
 
In reply to @socioambiental
E o milho, depois de passado no monjolo, faz farinha boa para biju, ensina Benedita Rocha, do Quilombo Maria Rosa. “Vai pro forno bem lavadinho. Faz o biju bem fininho e depois que torra, passa na sururuca. Ficava o bijuzinho bem redondinho.” pic.twitter.com/4tr9GJh9qj
Replying to @socioambiental
Os quilombolas fazem também seus próprios utensílios, relata Martinho Rodrigues de Lima, do Quilombo Cangume. “Pra peneira, sururuca e apá: primeiro corta os gomo da taquara e destala eles. Faz as lasquinhas e trança. Depois põe o arco de madeira de cafezinho e passa a corda.”
 
In reply to @socioambiental
Tanto que café e açúcar, ninguém comprava. Colhia café e passava com garapa, como conta Vandir Rodrigues, do Quilombo Ivaporunduva. “O café era coisa da roça e açúcar não existia. Os pais chamavam a gente: 'vamos moer cana', que era pra tirar a garapa e fazer o café.” pic.twitter.com/4z1XAlH1vB
Replying to @socioambiental
E o milho, depois de passado no monjolo, faz farinha boa para biju, ensina Benedita Rocha, do Quilombo Maria Rosa. “Vai pro forno bem lavadinho. Faz o biju bem fininho e depois que torra, passa na sururuca. Ficava o bijuzinho bem redondinho.”
 
In reply to @socioambiental
O jeito de plantar é ancestral, conta Osvaldo dos Santos, do Quilombo Porto Velho. “Os negros viviam em comunidade e eles tinham a prática deles. Daí se ajuntaram e assemelharam com as práticas dos índios. Porque os negros e os índios no Vale do Ribeira, eles viveram lado a lado” pic.twitter.com/miaopgv2ih
Replying to @socioambiental
Tanto que café e açúcar, ninguém comprava. Colhia café e passava com garapa, como conta Vandir Rodrigues, do Quilombo Ivaporunduva. “O café era coisa da roça e açúcar não existia. Os pais chamavam a gente: 'vamos moer cana', que era pra tirar a garapa e fazer o café.”
GIF
 
In reply to @socioambiental
E não é pouca festa! É o que conta Anísia Dias Morato, do Quilombo Galvão. “Os antigos faziam muito puxirão e a gente participava junto. Chamava todo mundo, de fora e de dentro da comunidade. Era seguidinho: tinha uma, até duas vezes por mês.” 👩🏿‍🌾 pic.twitter.com/IdJHpQ7geY
Replying to @socioambiental
O jeito de plantar é ancestral, conta Osvaldo dos Santos, do Quilombo Porto Velho. “Os negros viviam em comunidade e eles tinham a prática deles. Daí se ajuntaram e assemelharam com as práticas dos índios. Porque os negros e os índios no Vale do Ribeira, eles viveram lado a lado”
GIF
 
In reply to @socioambiental
Nos quilombos, não tem trabalho sem festa, relata Hermes Modesto, do Quilombo Morro Seco. “O dono do mutirão se apresenta para os companheiros, satisfeito, alegre para comandar o trabalho. Ao terminar o trabalho ele é responsável pela alimentação e a festa.” pic.twitter.com/gTSyBxg2MB
Replying to @socioambiental
E não é pouca festa! É o que conta Anísia Dias Morato, do Quilombo Galvão. “Os antigos faziam muito puxirão e a gente participava junto. Chamava todo mundo, de fora e de dentro da comunidade. Era seguidinho: tinha uma, até duas vezes por mês.” 👩🏿‍🌾
 
In reply to @socioambiental
Você está aí querendo mudar pra um sítio? Osvaldo dos Santos, do Quilombo Porto Velho, conta o que você já sabe: roça é orgulho e é vida. “São práticas que a gente herda dos pais. (...) A gente se mantém e pode provar pros nossos filhos que é possível viver disso.” 💚 pic.twitter.com/zJwTEJG4TT
Replying to @socioambiental
Nos quilombos, não tem trabalho sem festa, relata Hermes Modesto, do Quilombo Morro Seco. “O dono do mutirão se apresenta para os companheiros, satisfeito, alegre para comandar o trabalho. Ao terminar o trabalho ele é responsável pela alimentação e a festa.”
 
In reply to @socioambiental
Sabe agrofloresta? Nos quilombos, é roça com floresta, conta Antoninho Ursulino, do Quilombo Bombas. “A maior cultura nossa é a roça. Vem dos escravos. (...) Eu falo: aqui na roça eu só não tenho dinheiro. Mas as coisas de comer e beber, essas eu tenho bastante!” pic.twitter.com/ndFsjuT9v4
Replying to @socioambiental
Você está aí querendo mudar pra um sítio? Osvaldo dos Santos, do Quilombo Porto Velho, conta o que você já sabe: roça é orgulho e é vida. “São práticas que a gente herda dos pais. (...) A gente se mantém e pode provar pros nossos filhos que é possível viver disso.” 💚
 
In reply to @socioambiental
Olha só quanto tipo de arroz! Primeiro, veio o Taporana. “Dava cacho grande e sementes mais graúdas”, conta Vandir Rodrigues, do Quilombo Ivaporunduva. Depois, o Tirivinha. “É muito pequetico, gostosinho, mas pra socar dá trabalho". Então, "veio o Brilhante, o Amarelão Amarelo”. pic.twitter.com/rHdgfYvSdc
Replying to @socioambiental
Sabe agrofloresta? Nos quilombos, é roça com floresta, conta Antoninho Ursulino, do Quilombo Bombas. “A maior cultura nossa é a roça. Vem dos escravos. (...) Eu falo: aqui na roça eu só não tenho dinheiro. Mas as coisas de comer e beber, essas eu tenho bastante!”
 
In reply to @socioambiental
Quilombos = socio + bio + diversidade! Em depoimentos ao Inventário Cultural dos Quilombos do Vale do Ribeira, os próprios quilombolas contam o que é o Sistema Agrícola Tradicional e por que ele deveria nos inspirar! Baixe: isa.to/2XDRv56
Replying to @socioambiental
Olha só quanto tipo de arroz! Primeiro, veio o Taporana. “Dava cacho grande e sementes mais graúdas”, conta Vandir Rodrigues, do Quilombo Ivaporunduva. Depois, o Tirivinha. “É muito pequetico, gostosinho, mas pra socar dá trabalho". Então, "veio o Brilhante, o Amarelão Amarelo”.
 
Os quilombolas do Vale do Ribeira (SP) têm um jeito especial de conviver com a #MataAtlântica e tirar dela o sustento, que o @IphanGovBr já reconhece como patrimônio imaterial do Brasil. Eles nos provam que dá sim para viver - e plantar e festejar - diferente! Vem ver: 👇🏿🧵 pic.twitter.com/mGcis3YbCy
Replying to @socioambiental
Quilombos = socio + bio + diversidade! Em depoimentos ao Inventário Cultural dos Quilombos do Vale do Ribeira, os próprios quilombolas contam o que é o Sistema Agrícola Tradicional e por que ele deveria nos inspirar! Baixe: isa.to/2XDRv56
 
Os quilombolas do Vale do Ribeira (SP) têm um jeito especial de conviver com a #MataAtlântica e tirar dela o sustento, que o @IphanGovBr já reconhece como patrimônio imaterial do Brasil. Eles nos provam que dá sim para viver - e plantar e festejar - diferente! Vem ver: 👇🏿🧵
 
socioambiental Retweeted ·  
Tchau tchau missões religiosos em terras indígenas com a presença de isolados. O ministro Barroso acaba de falar que não pode.
 
socioambiental Retweeted ·  
Vitória Indígena!

Ministro Barroso proíbe missões religiosas em terras de povos indígenas isolados. A decisão atende de forma parcial, o pedido feito pelo Partido dos Trabalhadores (PT) e pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib).
blogs.oglobo.globo.com/lauro-jardim/p…
 
In reply to @socioambiental
Os ruralistas não entendem nada de agricultura, nem de ecologia, nem de economia. é só desastre.
por isso, valorizamos a sabedoria dos povos originários e o uso tradicional da terra, @VictorLouSan! Seguimos juntos e juntas em defesa do meio ambiente e dos direitos dos #PovosDaFloresta !
 
socioambiental Retweeted ·  
#DeOlhonoLegislativo: Por que o Congresso precisa derrubar os vetos presidenciais à Lei de Proteção do Estado Democrático de Direito ? Leia a nota técnica do Instituto Igarapé, com @conectas, @socioambiental, @WWF_Brasil e Rede Liberdade. Detalhes no🧵 igarape.org.br/por-que-o-cong… ⬇️
 
 
A lista de demandas de Guedes representa um verdadeiro estouro da boiada! Dentre as propostas, ampliar a área de #MataAtlântica que pode ser suprimida sem autorização do Ibama e dispensa de licenciamento ambiental para utilização de rejeitos de mineração. oeco.org.br/reportagens/av…
 
A decisão está atrelada a um processo em que o @MPF_PGR acusa Marcelo Xavier de improbidade administrativa, por desobedecer a decisões de um acordo judicial em que a Funai se comprometeu a avançar na demarcação dos indígenas Munduruku, em Santarém (PA). correiobraziliense.com.br/brasil/2021/09…
Presidente da Funai vira ru por descumprir decises da Justia Federal
correiobraziliense.com.br
 
#SalveOCódigoFlorestal! Ruralistas e @ArthurLira_, querem passar projeto que libera construção de barragens para irrigação e pecuária de forma indiscriminada. Proposta permite desmatamento da vegetação de beira de rio, fundamental para nossos mananciais. socioambiental.org/pt-br/noticias…
Ruralistas querem aprovar projeto que prioriza uso agropecurio da
socioambiental.org
 
Entre sementes e afetos: Feira de Troca de Sementes e Mudas das Comunidades Quilombolas do Vale do Ribeira (SP) pscp.tv/w/dBuYNHR3LTE3…
ISA @socioambiental
pscp.tv
 
Da roça do beiradeiro Pedro Pereira, vem a farinha de mandioca, a goma de tapioca e o cará roxo que alimentam a fome e a esperança de famílias vulneráveis. Com sua ajuda, cerca de 5 toneladas de alimentos foram entregues em Altamira (PA)! Confira: isa.to/3i8VluL 👇
 
#AlertaYanomami! 🚨 Lideranças denunciam a contaminação das águas pelo garimpo ilegal, gerando mal formação e desnutrição infantil, além de mortes pela propagação de doenças que poderiam ser facilmente tratadas, como malária, diarreia e pneumonia. 👇🏾 amazoniareal.com.br/desnutricao-ya…
 
É hoje! 💚 Vem com a gente e com os quilombolas do Vale do Ribeira (SP) trocar sementes e afetos! Às 18h30, vamos relembrar os causos das antigas Feiras de Sementes e Mudas, falar de manejo da agrobiodiversidade e construir as edições que ainda virão! 👇 youtube.com/watch?v=d6LAPi…
 
#SalveOCódigoFlorestal!
A Câmara dos Deputados tem sessão extraordinária às 10 horas hoje. Na pauta, o Requerimento de Urgência do PL 2673/2021 do Deputado @zevitor_mg que altera o Código Florestal para Considerar de utilidade pública represamento de cursos d’água para irrigação e dessedentação.
 
Ser defensor do meio ambiente no Brasil é correr risco de morte. O país ocupa o 4º lugar no ranking internacional de crimes contra ambientalistas e a América Latina foi classificada como a região mais letal do mundo para os defensores ambientais. 👇🏾

socioambiental.org/pt-br/blog/blo…
Brasil o 4 pas mais perigoso do mundo para ambientalistas, aponta
socioambiental.org
 
5 toneladas de alimentos das roças de beiradeiros da Terra do Meio (PA) e de indígenas Xipaya e Arara chegam a quem mais precisa! Tem farinha de mandioca e do coco babaçu, banana, inhame e mais - produtos saudáveis, que alimentam a fome e a esperança! 👇 socioambiental.org/pt-br/noticias…
Beiradeiros e indgenas do Xingu distribuem 5t de alimentos contra a
socioambiental.org
 
#IsoladosouDizimados! A Funai renovou por 6 meses a portaria da Terra Indígena Piripkura. O prazo é o menor desde 2008 e pode ser insuficiente na proteção dos isolados. Para Márcio Santilli, do ISA, "Isso sugere que eles não queiram renovar depois”. 👉🏾 isa.to/3kkbGhC
 
Mentiras e distorções marcam o discurso de Bolsonaro na ONU! "[Há] um desmonte das normativas infralegais da política ambiental e a base do governo no Congresso segue tentando fragilizar a nossa legislação ambiental”, diz Adriana Ramos (@naosoumaismess) 👇 g1.globo.com/jornal-naciona…
Para defender a poltica ambiental do governo, Bolsonaro distorce informaes na ONU
g1.globo.com
 
#ForaGarimpo da TI Yanomami! As fotos são claras, @Dario_Kopenawa: desmatamento, contaminação dos rios e violência são algumas das cicatrizes do garimpo ilegal. Nós checamos aqui as desinformações e inverdades do discurso de Bolsonaro: isa.to/3tZUZey
As desinformaes, distores e mentiras de Bolsonaro na ONU
socioambiental.org
Governo Bolsonaro está falando na ONU, não têm desmatamento na Amazônia, veja isso tanta destruição coração da Amazônia por invasão!
@jairbolsonaro
@GeneralMourao
#foragarimpo pic.twitter.com/FRpwrReBNZ
 
Vivendo em pequenas ilhas verdes rodeadas de soja e gado, os Xavante têm menos espaço e recursos para cultivo, pesca, caça e cuidados com a saúde. Com o território e a alimentação tradicional estranguladas, os indígenas ficam vulneráveis à #Covid19. 👇 infoamazonia.org/2021/09/22/cer…
 
In reply to @marcioeduardol6
Olá Marcio, em 27 anos, o ISA vem construindo um legado de projetos e iniciativas, sempre em parceria, lado a lado, com os povos da floresta. Atuamos em Brasília na defesa do meio ambiente e dos direitos dos povos.
Acesse nosso site (socioambiental.org) e também nosso canal no Medium (medium.com/@socioambiental) e veja esses dois resumos do trabalho em 2016 (youtu.be/2pDWU46weJI) e 2017 (youtu.be/44bkgj1Gdng) para conhecer mais.
Instituto Socioambiental Medium
socioambiental.medium.com
 
In reply to @socioambiental
O desmonte e de ONGS que exploraram os povos das florestas, corrompem, contrabandeiam recursos explorados ilegalmente.
Replying to @marcioeduardol6
Olá Marcio, em 27 anos, o ISA vem construindo um legado de projetos e iniciativas, sempre em parceria, lado a lado, com os povos da floresta. Atuamos em Brasília na defesa do meio ambiente e dos direitos dos povos.
 
socioambiental Retweeted ·  
Incêndio de grandes proporções AGORA na Chapada dos Veadeiros, em Goiás. O Brasil arde em chamas enquanto Bolsonaro mente ao mundo.
🎥 Ahmad Jarrah / @MidiaNINJA
 
Acreditamos que o presente é uma máquina de construir futuros. Vamos fazer a mudança hoje? Acesse e seja um apoiador da nossa causa: futuro.socioambiental.org
 
socioambiental Retweeted ·  
O @jornalnacional todo trabalhado na checagem de fatos do discurso de bolsonaro. #EleMente
 
#BolsonaroMente já é reconhecido pelas agências de checagem como um contador de lorotas sobre temas socioambientais. Ele mente no cercadinho, no seu gabinete, em inauguração de ponte de madeira e na #UNGA. Confira as últimas fakenews presidenciais. 👇🏾 isa.to/3hUs46M
As desinformaes, distores e mentiras de Bolsonaro na ONU
socioambiental.org
 
socioambiental Retweeted ·  
Pois é, @socioambiental, uma árvore grandiosa pode ter sido uma sementinha minúscula no passado...

De semente em semente, a gente já plantou mais de 18 milhões de árvores nativas de Amazônia e Cerrado com sementes coletadas pelas mãos dos coletores.

Feliz #DiadaÁrvore! 🌳🌴🌲
 
Árvores abastecem a vida que caminha sobre a Terra. Grandiosas, nascem a partir de uma pequena semente. 🌱 No #DiaDaÁrvore, falar de restauração é falar de fazer nascer florestas biodiversas que sustentarão o nosso futuro! Não é, @RedeXingu?
 
Acumulado do desmatamento na #Amazônia é o pior em 10 anos! Os dados do @Imazon revelaram que a área da floresta desmatada em agosto equivale a cinco vezes o tamanho de Belo Horizonte e representa um aumento de 7% em relação ao mesmo período de 2020. g1.globo.com/meio-ambiente/…
 
❌Bolsonaro mentiu na #UNGA!

Entenda no 🧶 de @mauricio_guetta, do ISA, porque #PL1869, em pauta para amanhã (22/9) no plenário do Senado, ameaça as florestas nas cidades, importantes para prevenção de mortes e desastres, e no combate à crise hídrica. #SalveOCódigoFlorestal! 👇🏾
Bolsonaro: "nosso Código Florestal deve servir de exemplo para outros países".
A real: por iniciativa da base governista, Câmara e Senado devem votar hoje e amanhã projetos de lei que enfraquecem o Código Florestal.
 
socioambiental Retweeted ·  
Bolsonaro: "nosso Código Florestal deve servir de exemplo para outros países".
A real: por iniciativa da base governista, Câmara e Senado devem votar hoje e amanhã projetos de lei que enfraquecem o Código Florestal.
 
Quer trocar sementes, afetos e histórias junto aos quilombolas do Vale do Ribeira (SP)? É pra já! 🌱 Nesta quinta, 23, venha relembrar as versões passadas da Feira de Sementes do Vale do Ribeira e discutir as que ainda virão! É 18h30, no YT do ISA: youtu.be/d6LAPinxu5c
 
In reply to @socioambiental
Bolsonaro na #UNGA: ❌ Disse que a agricultura utiliza apenas 8% do território nacional. ✅ O que ele não contou é que mais 22% é ocupado por pasto, boa parte degradado, e o Brasil é campeão em concentração fundiária. É muita terra para poucos produtores! pic.twitter.com/HSGfTYQQgE
Replying to @socioambiental
Bolsonaro na #UNGA: ❌ Disse que somos campeões em energia "limpa". ✅ A verdade: vivemos uma crise hídrica, sem saber se teremos água e energia a partir do fim do ano, com risco de apagões, por causa da ausência de gestão no setor. socioambiental.org/pt-br/blog/blo…
Organizao denuncia que empresas do setor eltrico esto usando
socioambiental.org
 
In reply to @socioambiental
Os caras acabam com o planeta e a notícia diz gravidade para povos indígenas. Gente essa povo está destruindo toda a humanidade
Replying to @sulnaramaria
A mineração traz impactos socioambientais amplos e graves, mas optamos por tratar deste problema nos territórios indígenas para desmistificar o debate sobre o tema que acontece hoje no Brasil. Temos um conteúdo mais geral sobre o tema em: isa.to/3hP78xW
 
In reply to @socioambiental
Bolsonaro na #UNGA: ❌ Disse que a #Covid19 pegou o Brasil de surpresa e lamentou as mortes. ✅ Minimizou a crise e ridicularizou o morticínio, em parte causado por seu governo. Povos indígenas e populações tradicionais sofreram com o descaso. socioambiental.org/pt-br/noticias…
Replying to @socioambiental
Bolsonaro na #UNGA: ❌ Disse que a agricultura utiliza apenas 8% do território nacional. ✅ O que ele não contou é que mais 22% é ocupado por pasto, boa parte degradado, e o Brasil é campeão em concentração fundiária. É muita terra para poucos produtores!
 
 
Free access is provided to the 8 hour timeframe for this page.

A Trendsmap Explore subscription provides full access to all available timeframes

Find out more

This account is already logged in to Trendsmap.
Your subscription allows access for one user. If you require access for more users, you can create additional subscriptions.
Please Contact us if you are interested in discussing discounts for 3+ users for your organisation, or have any other queries.